Acessando o programa de treino

1. No menu do topo da página clique na opção “Calendar” (Calendário).

Na página que se abre você verá um resumo do treinamento planejado para o seu atual microciclo.

Se desejar visualizar os treinos dos micros anteriores ou dos próximos basta rolar a página para cima ou para baixo usando o mouse.

2. Em cada dia do calendário são exibidos blocos indicando as sessões de treino programadas, e em cada bloco é exibido:

– Um símbolo indicando o meio de treinamento (Mountain Bike, Ciclismo, Musculação, Corrida, etc);

– O volume planejado;

– As demandas/capacidades que o treino busca desenvolver (Velocidade, Força, Técnica, etc);

– A carga planejada (Sigla “P”) em horas e minutos;

– A carga planejada (Sigla “P”) em TSS (Training Stress Score), um parâmetro que indica o nível de exigência do treino, e que estaremos apresentando com detalhes em breve;

– A carga completada (Sigla “C”) (esta será exibida apenas para os treinos que você já tiverem sido completados);

– Um pequeno gráfico em barras indicando os estágios do treino.

Os blocos dos dias anteriores estarão na cor verde, amarela ou vermelha. Estarão de verde os treinos que o Training Peaks detectou que você fez da forma que o treinador prescreveu, de amarelo os que você fez diferente, e de vermelho os que você fez muito diferente ou que não fez.

Todos os dias você tem até meia noite para registrar as atividades do dia. Passando de meia noite o Training Peaks considera que você não cumpriu as atividades e as sinaliza de vermelho.

Consultando um treino

Clique sobre a sessão que irá consultar.

3. Na janela que se abre leia o treino a ser realizado no campo “Description” (Descrição). É aqui que o treino estará prescrito. As demais informações são complementares a estas, como por exemplo o gráfico prévio do treino.

Mais adiante nesta página falaremos sobre o significado de cada informação apresentada na descrição.

4. Em alguns treinos serão fornecidas informações adicionais, que estarão no campo “Pre-activity comments” (Comentários pré-atividade).

5. Em seguida observe no gráfico de barras no topo da janela o formato dos estágios a serem realizados.

6. No canto direito da janela você pode clicar no símbolo de download para exportar o treino para o seu dispositivo. Assim ele poderá exibir na tela durante a atividade cada estágio a ser realizado. Saiba mais no Guia de exportação de treino estruturado (Guia provisório. Em breve atualizaremos com informações definitivas).

Significado de cada informação apresentada na descrição

Demandas: Aqui informamos para quais demandas (exigências) da modalidade este treino foi planejado.

Meio de treinamento: Indica qual estratégia será utilizada para desenvolver a demanda. Por exemplo, para desenvolver a capacidade Velocidade podemos prescrever Ciclismo, Corrida, Mountain Bike, etc. Estes são meios diferentes de se desenvolver a capacidade Velocidade.

É importante utilizar exatamente o meio prescrito, já que eles tem implicações diretas sobre o desenvolvimento ou não da capacidade planejada. Por exemplo, um treino que tenha como meio Ciclismo, Asfalto plano não pode ser realizado em Asfalto ondulado, e vice versa, já que a inclinação do terreno influencia as demandas que serão desenvolvidas. Portanto, sempre utilize exatamente o meio prescrito.

Método: Aqui informamos a forma que o treino foi estruturado. Normalmente podemos estruturá-lo de forma contínua, que é quando você realiza a atividade continuamente, sem intervalos para recuperação; ou ainda na forma intervalada, utilizada quando a intensidade é mais alta a ponto de demandar estímulos mais curtos e intervalos de recuperação entre eles. Por isso o nome intervalado.

Tarefa: Aqui estará sua missão. O passo a passo a ser realizado no treino. A maioria dos treinos terá 3 partes: aquecimento, parte principal e desaquecimento, e cada uma delas pode ter vários estágios, com a duração e intensidade específicas.

 

Após consultar seu treino é hora de realizá-lo! Bom treino e, mais tarde, ao retornar, acesse o Training Peaks novamente para registrá-lo. Veja como fazer isso clicando no link abaixo.

Próximo: Partes do registro de treinos

Voltar para a página inicial do guia